Copy
Só você tem o poder de inspirar quem o ouve, qualquer que seja o tema da sua apresentação.
Veja este email no seu browser
O que fazer para ter impacto quando fala?
Ela ia falar da sua vida, do seu percurso profissional e politico. Era uma mulher de garra, uma líder a quem todos reconheciam talento e dedicação. Sabia bem o que fazia e como o fazia. Era segura, prática e determinada no seu dia-a-dia, mas quando teve de ir para trás do púlpito falar de si mesma, pegou no papel e leu. Na verdade, leu-se. Foi nesse momento, ao ler a sua vida que deixou-se ficar para trás para apenas relatar a vida de outrem. Era como se estivesse a falar a vida de uma outra pessoa, a relatar uma biografia de alguém que até lhe podia ser estranha. Era o que estava no papel.  E, no entanto, quem poderia saber melhor a sua vida do que ela mesma?

Porque nos apoiamos em papéis mesmo quando o assunto nos é sobejamente conhecido? Porque é que temos receio de ser autênticos e genuínos numa apresentação? 

 
Ela perdeu a audiência, mas você não tem de perder a sua.
Dica: Treine o tem a dizer e diga-o em voz alta no carro, em casa, na casa-de-banho, mas enfrente a sua plateia sem papeis. Se tiver de parar a meio, pare. Sorria. Recomece. Mesmo que se engane, volte ao ponto de partida. Terá mais impacto se se puser, com todas as suas características e particularidades, na apresentação.

Seja autêntico. Sem medos.

Boas comunicações!
Copyright © 2016, Carla Rocha Comunicações. Todos os direitos reservados.

Para mais informação, contacte-nos por favor
rochacomunicar@gmail.com

Caso não pretenda receber esta newsletter
clique aqui unsubscribe